• Equipe Técnica da Valor

Quais foram os impactos da pandemia nas empresas brasileiras?


Hoje (16), foram divulgados os resultados da Pesquisa Pulso Empresa: Impacto da Covid-19 nas Empresas feita pelo IBGE, e foi revelada que a pandemia é a responsável pelo fechamento de aproximadamente 40% das empresas brasileiras.


Durante o início da pandemia, havia segundo o estudo do IBGE, 1,3 milhões de empresas fechadas temporária ou definitivamente. As porcentagens das empresas prejudicadas não foram muito discrepantes entre todos os setores economia, mostrando impactos negativos em 40,9% do comércio, 30,4% dos serviços, 37,0% da construção e 35,1% da indústria, dados que revelam danos econômicos generalizados.


No Brasil, das 2,7 milhões de empresas, 70% delas apontaram que a pandemia teve um impacto negativo, 16,2% declaram que o efeito foi pequeno ou inexistente, e surpreendentemente, 13,6% afirmaram que o impacto foi positivo em seus negócios.


Segundo Alessandro Pinheiro, Coordenador de pesquisas estruturais e especiais em empresas do IBGE, “Os dados sinalizam que a Covid-19 impactou mais fortemente segmentos que, para a realização de suas atividades, não podem prescindir do contato pessoal, têm baixa produtividade e são intensivos em trabalho, como os serviços prestados às famílias, onde se incluem atividades como as de bares e restaurantes, e hospedagem; além do setor de construção”.


Impacto maior nas pequenas empresas


Segundo o estudo, dos 39,4% das empresas que fecharam as portas na primeira quinzena de junho, 99,2% (equivalente a 518,4 mil) são de pequeno porte (até 49 empregados). Fato que está intimamente ligado com a dificuldade que essas empresas têm encontrado para adquirirem crédito e na redução de sobre as vendas ou serviços. Também segundo o estudo, 70% das pequenas empresas brasileiras reportaram redução nas vendas.


Dificuldades para efetuar os pagamentos.


O estudo apurou que 63,7% das empresas, independentemente do porte, tiveram dificuldades para realizar os pagamentos rotineiros em relação ao período anterior a pandemia.


Foi revelado que a crise fez com que empresas tomassem algumas medidas para diminuir os impactos da pandemia em suas vidas financeiras. Segundo o IBGE 40% das empresas tiveram que reduzir o número de funcionários na primeira quinzena de junho em relação ao início da crise.


Entre as medidas tomadas pelas empresas em relação aos impactos da COVID-19 as principais foram, realização de campanhas de prevenção à doença e medidas extras de higiene, adoção de novas alternativas de trabalho, como o home office, adiamento de pagamento de impostos e antecipação de férias dos funcionários

.

Se você é empresário e seu negócio está passando por dificuldades financeiras devido a crise provocada pelo Covid-19, uma boa alternativa para o sua empresa é contratar uma linha de crédito. A Valor Operações Financeiras já está a mais de dez no mercado de empréstimos para empresas e pode te auxiliar nesse momento difícil. Caso você tenha interesse em linhas de crédito estruturado clique aqui e faça uma simulação!



Referências : Infomoney e IBGE.

11 visualizações

Rua Ceará, 1337 - Funcionários - Belo Horizonte

© 2020 - Grupo Valor