• Equipe Técnica da Valor

Como será o comportamento dos consumidores no fim do ano?

Atualizado: Set 17


No Brasil e no mundo, a reabertura e a retomada gradual dos negócios durante a pandemia traz esperança para os varejistas em relação ao comportamento do consumidor. Vendo esse cenário, a empresa Rakuten Advertising, que é especializada em tecnologia para publicidade e marketing digital, entrevistou mais de 8 mil pessoas, sendo mil brasileiros, para sondar qual vai ser o comportamento dos consumidores no último trimestre do ano.

De acordo com a pesquisa, 87% das pessoas devem fazer compras no Natal e 57% planejam algum gasto com ocasiões especiais como a Black friday. O número é surpreendente, porque 40% dos entrevistados tiveram alguma redução de ganhos devido ao COVID-19 e ainda estão dispostos a consumir, mesmo que 70% dos entrevistados alegaram que vão comprar menos e priorizando quem vão presentear.

Segundo o estudo, 50% dos consumidores do mundo estão priorizando o consumo de empresas locais durante a pandemia, 76% planejam fazer as próximas compras de forma online e 49% são atraídos por ofertas e cashback.

Os brasileiros.

O estudo apontou que, no Brasil, 66% das pessoas estão gastando mais com refeições prontas e mantimentos básicos .Houve um aumento pela busca por entretenimento digital de 65% e a procura por serviços de restaurantes com entrega delivery aumentou para 58% dos brasileiros.

De acordo com os entrevistados, 86% dos brasileiros pretendem comprar online nos períodos de Black Friday e Natal e 50% dos consumidores se dizem mais influenciados a consumir se houver códigos de desconto ou cashback.

Sobre a priorização de pessoas a serem presenteadas, o estudo apontou que é mais provável que o brasileiro compre presentes para sua família de primeiro grau (33%) e diminuam o gasto com amigos (57%). E, diante de uma previsão de incerteza para o país, aproximadamente 70% dos consumidores afirmam que não diminuirão os gastos com datas especiais mesmo se o isolamento fosse intensificado.

Segundo a pesquisa, a publicidade é uma ótima estratégia para as empresas, pois 38% dos brasileiros dizem que estão abertos à publicidade das marcas para datas promocionais, resultado 14% mais promissor que a média dos outros países.

De acordo com Luiz Tanisho, vice presidente da operação global da Rakuten Advertising “A pandemia transformou não só a vida das pessoas como a atuação do mercado, que teve que achar novas maneiras para se adequar a um cenário onde o e-commerce virou a bola da vez. No Brasil, temos presenciado uma aceleração muito rápida. Muitas marcas viram-se obrigadas a priorizar suas estratégias de vendas online. Vimos muitos brasileiros optando pelo comércio eletrônico pela primeira vez”

Esse artigo teve como referência a reportagem da revista Exame.


3 visualizações

Rua Ceará, 1337 - Funcionários - Belo Horizonte

© 2020 - Grupo Valor